quarta-feira, 23 de setembro de 2009

As práticas mercantilistas

Durante o feudalismo alguns nobres incentivaram a atividade de mercadores, banqueiros, e negociantes em seus domínios.Esse comércio restringia - se a produtos a granel, por isso, deu-se prioridade a produtos tais como madeira, cereais, vinho, lã, arenques etc; Por meio do transporte marítimo e fluvial, que era mais econômico que o transporte terrestre, tal fato acabou contribuindo para a expansão naval.

Aos poucos se iniciou um processo de centralização da autoridade política, isso ocorreu principalmente na Euoropa Ocidental; Os estados emergentes da região optaram por políticas econômicas diverssas, que ficarramn conhecidas como Práticas Mercantilistas, que foram responsáveis por uma expansão sem precedentes e desencadearam uma competição predatória.

As práticas mercantilistas não foram aplicadas simultaneamente por todos os estados euoropeus e mesmo assim todos eles apresentaram caracteristicas comuns.Estabeleceu-se desse modo uma verdadeira selva econômica, que sairam vencedores apenas os países que demonstraram maior capacidade de adaptação e competitividade. Desse universo economico surgiram importantes conceitos, como Metalismo, Balança comercial favorável,
Cameralismo e Colonialismo.


“[...] O mercantilismo deve ser entendido como o conjunto de idéias e práticas econômicas [...]”.

(Falcon. Francisco J. C. Mercantilismo e transição
São Paulo, Brasiliense, 1987).

2 comentários: